Pensamento e atualidade de Aristóteles – Aula III (Parte II)

Apostila do Seminário de Filosofia TERCEIRA AULA Casa de Cultura Laura Alvim, Rio de Janeiro, 29 de março de 1994. Transcrição de: Heloísa Madeira João Augusto Madeira e Kátia Torres Ribeiro 2a parte A vida, plenitude do real. Deus é vivente, é zoon. Acostumados a ver estas coisas

Leia +

Pensamento e atualidade de Aristóteles – Aula III (Parte I)

Apostila do Seminário de Filosofia TERCEIRA AULA Casa de Cultura Laura Alvim, Rio de Janeiro, 29 de março de 1994. Transcrição de: Heloísa Madeira João Augusto Madeira e Kátia Torres Ribeiro 1a parte O pensamento de Aristóteles surge dentro de certo desenvolvimento em três etapas do que

Leia +

Pensamento e atualidade de Aristóteles – Aula II (Parte II)

Apostila do Seminário de Filosofia SEGUNDA AULA Casa de Cultura Laura Alvim, Rio de Janeiro, 22 de março de 1994. Transcrição de: Heloísa Madeira João Carlos Madeira e Kátia Torres Ribeiro 2a parte Aristóteles não aconteceu na Grécia Vamos começar por ver a imagem de Aristóteles no tempo dele

Leia +

Pensamento e atualidade de Aristóteles – Aula II (Parte I)

Apostila do Seminário de Filosofia SEGUNDA AULA Casa de Cultura Laura Alvim, Rio de Janeiro, 22 de março de 1994. Transcrição de: Heloísa Madeira João Carlos Madeira e Kátia Torres Ribeiro 1a parte NB – As explicações introdutórias sobre o historicismo, um tanto repetitivas, acabaram tomando toda

Leia +

Pensamento e atualidade de Aristóteles – Aula I (Parte II)

Apostila do Seminário de Filosofia PRIMEIRA AULA Casa de Cultura Laura Alvim, Rio de Janeiro, 15 de março de 1994. Transcrição de: Heloísa Madeira João Augusto Madeira e Kátia Torres Ribeiro 2a parte Na primeira parte da aula, dei uma idéia geral sobre Aristóteles e sobre nossos

Leia +

Pensamento e atualidade de Aristóteles – Aula I (Parte I)

Apostila do Seminário de Filosofia PRIMEIRA AULA Casa de Cultura Laura Alvim, Rio de Janeiro, 15 de março de 1994. Transcrição de: Heloísa Madeira João Augusto Madeira e Kátia Torres Ribeiro   1a parte Nesta primeira aula, serão colocadas as premissas e métodos que vamos desenvolver em

Leia +

A Nova Era e a Revolução Cultural: Capítulo III

Capítulo III A NOVA ERA E A REVOLUÇÃO CULTURAL AS IDÉIAS de Capra e de Gramsci são puras ficções, mas nem por isto as semelhanças entre elas são mera coincidência. A simples listagem basta para por à mostra uma raiz comum: 1 – Ambas essas correntes são radicalmente “historicistas” —

Leia +

A Nova Era e a Revolução Cultural: Capítulo II

Capítulo II STO. ANTONIO GRAMSCI E A SALVAÇÃO DO BRASIL QUEM DESEJE reduzir a um quadro coerente o aglomerado caótico de elementos que se agitam na cena brasileira, tem de começar a desenhá-lo tomando como centro um personagem que nunca esteve aqui, do qual a maioria dos brasileiros nunca ouviu

Leia +

A Nova Era e a Revolução Cultural: Capítulo I

Capítulo I LANA CAPRINA, OU: A SABEDORIA DO SR. CAPRA NO COMEÇO de novembro7 estará chegando ao Brasil o sr. Fritjof Capra, chamado pela Universidade Holística de Brasília para falar sobre a Nova Era que ele anuncia no seu livro O Ponto de Mutação. A voz do sr. Capra não clamará no

Leia +

A Nova Era e a Revolução Cultural: Observações finais

A Nova Era e a Revolução Cultural Fritjoj Capra & Antonio Gramsci 3a edição, revista e aumentada. Observações finais Expondo em conferências as idéias que depois viria a registrar neste livro, muitas vezes recebi dos ouvintes a exigência de uma “definição política”. Sentiam-se desconfortáveis ante um interlocutor sem

Leia +

Veja todos os arquivos por ano