Veadascos

De onde vem a ânsia, a obsessão, a necessidade irrefreável que a véia dos gatos e os Veadascos têm de levar o público a acreditar, “per fas et per nefas”, que abjurei o cristianismo e me converti ao Islam?
É simples: se acreditassem nisso, os cristãos veriam em mim um perigoso agente islâmico infiltrado, digno de uma bela excomunhão; e os muçulmanos se veriam no direito e na obrigação de me matar, porque a apostasia, no Islam, é crime punido com a morte.
A véia e seus sócios dariam ao diabo quantos cus tivessem para garantir que uma dessas duas coisas viesse a me acontecer. Infelizmente o estoque de cus já se esgotou.

Comments

comments

shadow-ornament

Veja todos os arquivos por ano